Em 12 meses, aluguel residencial cai 2,1% na cidade de São Paulo

0
178

Em novembro, os valores médios dos aluguéis residenciais na cidade de São Paulo caíram 0,1%, em relação a outubro. Em 12 meses, a retração atingiu 2,1%, ante uma inflação, medida pelo IGP-M (Índice Geral de Preços – Mercado), de 10,7% no acumulado do mesmo período do ano passado. “Os números de novembro mostram que, a um mês do final do ano, 2015 vai se caracterizar pela queda nos valores de locação – em razão da flexibilização das negociações entre proprietários e inquilinos, dada a situação macroeconômica que o País atravessa – e pelo aumento dos estoques de imóveis vagos”, diz Mark Turnbull, diretor de Locação do Secovi-SP (Sindicato da Habitação). Ele lembra que as imobiliárias notam um aumento na entrega de chaves e dos índices de inadimplência.

Os imóveis de 1 dormitório tiveram redução de 0,2% nos valores de locação. As unidades habitacionais de 2 quartos apresentaram queda de 0,1%, enquanto as residências de 3 dormitórios registraram aumento de 0,1%.

O tipo de garantia mais utilizado em novembro pelos inquilinos foi o fiador, com 46% das locações efetuadas. O depósito de até três aluguéis foi usado em 35% das ocorrências, ao passo que o seguro-fiança foi utilizado em 19% dos contratos do período.

Sem comentários

Deixe uma resposta