Governador e secretário de Transportes vistoriam deslizamento na Imigrantes

0
174

Alckmin ressaltou que pista só será reaberta quando
houver absoluta segurança para os motoristas

O governador Geraldo Alckmin e o secretário de Logística e Transportes, Saulo de Castro Abreu Filho, vistoriaram na manhã deste sábado, 23 de fevereiro de 2013, o local onde houve deslizamento de terra na rodovia dos Imigrantes na noite de sexta-feira, 22.

Alckmin afirmou que a preocupação é com a segurança dos motoristas e o trecho na altura do km 52 só será liberado sob total garantia de segurança. “A prioridade é a segurança. Ela [rodovia Imigrantes] só será reaberta quando tivermos segurança em relação às chuvas para os usuários”, disse. A rodovia é administrada pela concessionária Ecovias.

Segundo o secretário de Transportes, a chuva dessa sexta-feira superou as previsões. “Foi um evento além do imaginável, estamos debitando só na chuva no momento [a causa do deslizamento]. Vamos avaliar para identificar o mais rápido possível as causas desse acidente”, afirmou.

O governador lamentou a morte de uma pessoa no deslizamento, e prestou “solidariedade e todo o empenho em verificar se os procedimentos de prevenção, de manter obras e alertar os usuários foram tomados”.

Alckmin lembrou que a rodovia Imigrantes, que leva até a Baixada Santista, é antiga. “A pista é da década de 70 e tem controle feito pela concessionária [Ecovias]. Nós convocamos o IPT [Instituto de Pesquisas Tecnológicas] para acompanhar esse trabalho. A pista será reaberta o mais rápido possível”, completou.

Saulo de Castro destacou que a rodovia Imigrantes existe há 35 anos e nunca houve um acidente dessa forma. “É uma das maiores e melhores rodovias do país”, disse. A concessionária informou que todos os veículos que se envolveram na ocorrência – 24 no total – foram retirados do local e as equipes trabalham na desobstrução e limpeza da via.

Sem comentários

Deixe uma resposta