Impostômetro da ACSP marca R$ 800 bilhões amanhã

0
294
Impostômetro: há anos informando a população      - Foto: Carlos Severo/ Fotos Públicas
Impostômetro: há anos informando a população – Foto: Carlos Severo/ Fotos Públicas

O Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) chega à marca de R$ 800 bilhões na quarta-feira, dia 10 de maio de 2017, às 14h30. O valor representa o total de impostos, taxas e contribuições pagos pela população brasileira desde o primeiro dia do ano. Em 2016, esse mesmo montante foi arrecadado somente em 24 de maio, ou seja, 14 dias mais tarde.

“Vê-se claramente que o governo está arrecadando mais, pelo menos nominalmente, sem descontar a inflação. O ritmo do dinheiro que entra nos cofres públicos está cada vez mais rápido. Isso é um bom sinal, mas o Banco Central precisa continuar derrubando os juros de forma agressiva para trazer de volta o crescimento”, diz Alencar Burti, presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp).

Até o momento, essa é a maior diferença de tempo nas arrecadações na comparação entre 2016 e 2017:
R$ 100 bilhões – mesmo dia do que em 2016
R$ 200 bilhões – 4 dias antes do que em 2016
R$ 300 bilhões – 9 dias antes do que em 2016
R$ 400 bilhões – 8 dias antes do que em 2016
R$ 500 bilhões – 9 dias antes do que em 2016
R$ 600 bilhões – 10 dias antes do que em 2016
R$ 700 bilhões – 9 dias antes do que em 2016
R$ 800 bilhões – 14 dias antes do que em 2016

No portal www.impostometro.com.br é possível visualizar os valores arrecadados em todos os estados e municípios, e também por período e categoria (produção, circulação, renda, propriedade). O painel foi implantado em 2005 pela ACSP para conscientizar o cidadão sobre a alta carga tributária e incentivá-lo a cobrar os governos por serviços públicos de qualidade. Está localizado na sede da ACSP, na Rua Boa Vista, centro da capital paulista.

Sem comentários

Deixe uma resposta