Linha 6-Laranja avança com a inauguração de fábrica de 40 mil m² em Perus

0
503

metro_fabrica
A aguardada Linha 6-Laranja de metrô, que interligará a Brasilândia a São Joaquim, começa a ganhar forma. Uma das provas disso é a inauguração da mais moderna fábrica de anéis de concreto – compostos por segmentos conhecidos como aduelas – na América Latina. Os equipamentos e moldes utilizados no processo produtivo são tecnologia de origem francesa.

Construída em oito meses, a nova unidade criou mais de 300 postos de trabalho. Um dos propósitos do projeto da Linha-6 Laranja é contribuir com o desenvolvimento local. Por isso, boa parte dos funcionários da unidade foi contratada na região de Perus.

A fábrica está localizada estrategicamente em uma pedreira, em uma área de 40 mil m², o que trouxe diversos benefícios ao projeto. A logística inbound, que traz matéria prima da pedreira para a produção das peças de concreto, é uma delas

A região escolhida também proporciona uma vantagem logística outbound bastante interessante. As aduelas produzidas chegam à obra pelo fácil acesso ao Rodoanel, Rodovia dos Bandeirantes e Marginal Tietê. “Conseguimos agilizar o transporte das peças e evitar o tráfego de caminhões em vias importantes da cidade. Um dos pilares do projeto é reduzir o impacto da obra no dia a dia das pessoas que moram ou trabalham no seu entorno”, destaca Nicolas Eduardo Vasquez, gerente Operacional do Consórcio CEL 6.

Em números:
· 15 peças fabricadas por dia;
· 7,3 mil aduelas produzidas, consumindo 165 mil m³ de concreto, 66 mil toneladas de cimento e 5 mil toneladas de aço;
· 10,2 metros é o diâmetro externo de cada anel, o interno é de 9,4 metros. E a largura é de 1,8 metro;
· 60 toneladas é o peso de cada aduela.

Sem comentários

Deixe uma resposta