Memorial da inclusão apresenta exposição fotográfica produzida por cegos

0
208

As 12 fotografias expostas foram registradas
por pessoas com deficiência visual

O Memorial da Inclusão recebe – até o dia 27 de novembro de 2014 12 – fotografias registradas por pessoas com deficiência visual. Trata-se do resultado de um curso do Centro Universitário SENAC ministrado pelo fotógrafo João Kulcsár. As pessoas com deficiência visual contarão com reproduções das imagens em relevo para serem sentidas através do tato.

Segundo o fotógrafo, os alunos aprenderam a usar a fotografia como meio de expressão criativa e inclusão social, comunicando suas percepções sobre o mundo e despertando a consciência no público vidente sobre a realidade da comunidade cega.

Todas as fotografias exibirão um QR Code que redirecionará o visitante para um vídeo em que os artistas se apresentam e comentam sobre a obra produzida.

O Memorial da Inclusão aborda cada uma das quatro deficiências – auditiva, visual, intelectual e física – e conta com atrações como a Sala Preparatória dos Sentidos: um local escuro com painéis de texturas diversas, alteração de temperatura e sensores sonoros e olfativos.

Inaugurado no dia 3 de dezembro de 2009, o Memorial da Inclusão: os Caminhos da Pessoa com Deficiência tem o propósito de reunir em um só espaço fotografias, documentos, manuscritos, áudios, vídeos e referências aos principais personagens, às lutas e às várias iniciativas que incentivaram as conquistas e melhores oportunidades às pessoas com deficiências.

Serviço:
Exposição “Não Vi”
Data: de 7 de outubro a 27 de novembro, de segunda a sexta-feira
Horário: das 10 às 17h
Local: Memorial da Inclusão
Endereço: Avenida Auro Soares de Moura Andrade, 564 – Portão 10 – Barra Funda/SP (ao lado das estações do Metrô e CPTM – Palmeiras Barra Funda)
Visitas agendadas: (11) 5212-3727
Entrada gratuita

Sem comentários

Deixe uma resposta