Números de contratos novos de aluguel sobe 13% em SP

0
222

O número de novos contratos de locação residencial na cidade de São Paulo cresceu 13% entre janeiro e abril de ano, na comparação com o mesmo período de 2015. A alta, segundo a Lello, administradora e imobiliária paulistana, é fruto da maior flexibilidade dos proprietários ao negociarem com os candidatos a inquilinos.

Em média, os valores dos novos contratos de aluguéis firmados na capital paulista estão 6% inferiores à média do valor registrado no ano passado – hoje na casa de R$ 2 mil mensais.

“Com muito mais oferta de imóveis disponíveis, proprietários preferem negociar o valor do aluguel a ficar com o imóvel desocupado e, consequentemente, tendo de arcar com despesas de IPTU e condomínio”, diz Roseli Hernandes, diretora de Locação da Lello Imóveis.

Os tipos de imóveis mais procurados continuaram sendo os de dois dormitórios, uma vaga na garagem, preferencialmente nas proximidades de estações de metrô e em prédios residenciais com boa estrutura de lazer para os moradores.

Sem comentários

Deixe uma resposta