Operação “Ano Novo 2015/2016” reforça policiamento nas rodovias

0
165

A Polícia Militar começa na quarta-feira, dia 30 de dezembro de 2016, uma operação especial para reforçar a segurança nos mais de 22 mil quilômetros de rodovias estaduais durante o Ano Novo. Na operação, serão empregados 1.035 viaturas, 133 motocicletas, 18 helicópteros Águia e 3.950 PMs.

A ação, que seguirá até segunda-feira (4), tem como objetivo evitar acidentes e garantir a fluidez do trânsito. Serão 1.229 PMs dos cinco batalhões da Polícia Rodoviária (CPRv), 71 do Grupamento de Radiopatrulha Aérea (GPRAe), 134 do Comando de Policiamento de Trânsito (CPTran), além de 2.516 das unidades territoriais.

A Polícia Militar contará com 340 bafômetros para a realização de testes de embriaguez. A fiscalização da velocidade dos carros será feita por meio de 87 radares móveis e portáteis para dar mais mobilidade à fiscalização, 721 radares fixos e cerca de 329 equipamentos, como rádios e binóculos.

Os radares portáteis são chamados de OCR Embarcados e leem automaticamente as placas dos veículos. Depois, as informações são repassadas aos policiais quase instantaneamente. Com isso, é possível selecionar, de forma mais eficiente, quais carros serão abordados.

O radar facilita o encontro de veículos roubados e, consequentemente, a prisão de criminosos. Além disso, o monitoramento das vias também será feito a partir de câmeras dos Centros de Controle Operacional das Rodovias (CCO).

Álcool e trânsito
A PM alerta que o motorista que for flagrado dirigindo embriagado será multado em R$ 1.915,40 e poderá ter o veículo apreendido e a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) retida por 12 meses. O condutor poderá ainda responder criminalmente a uma pena de seis meses a três anos de prisão.

Sem comentários

Deixe uma resposta