TV Cultura exibe segundo episódio de House Of Cards

0
279

A TV Cultura exibe na terça-feira, dia 21 de junho de 2016, às 22h, o segundo episódio inédito da série original House of Cards, da rede britânica BBC.

Nesta edição, o novo Primeiro-Ministro Colligridge conta a Francis Urquhart que ele é muito valioso em seu atual cargo de controlador para oferecê-lo um cargo ministerial. Urquhart fica furioso, mas esconde desprezo por trás de seu sorriso habitual. Ele acredita que Collingrige não irá durar muito. Enquanto isso, ele investiga sorrateiramente o líder e inicia manobras a seu favor.

Por sorte, a inexperiente jornalista Mattie Storin está caindo em todas as suas palavras, já que ele finge estar ajudando-a, mas, ao invés disso, a usa para vazar histórias prejudiciais sobre seus rivais. Assim, quando os membros do partido se juntam para sua conferência anual, os escândalos começam a se espalhar.

A série original
Em 12 episódios, a série, que serviu de inspiração para um remake produzido pela Netflix, é protagonizada pelo ator e fundador da Royal Shakespeare Company, Ian Richardson (1934-2007), e desnuda-se perante os espectadores por meio da interpretação de Ian em seu personagem Francis Urquhart. Aclamado pelo público, o drama político House of Cards é um delicioso conto de ganância, corrupção e ambição desenfreada.

A trama narra a história de Francis Urquhart, um membro do parlamento britânico que sonha com o poder. Impecavelmente diplomático, charmoso, admirado, confiável e respeitado por todos, ele se torna um vilão de coração negro com um sorriso no rosto, que compartilha com os telespectadores seu humor sardônico e pensamentos mais íntimos.

Numa disputa com outros parlamentares, jornalistas e publicitários ele pretende fazer seus adversários caírem um por um, retratando disputas entre eles movidas por amor e, mais frequentemente, por interesses, o que compõe um ambiente de intrigas, traições, maldades e assassinatos que fazem da versão americana uma espécie de conto de fadas edulcorado.

Sem comentários

Deixe uma resposta