Volume de ações locatícias apresenta ligeira queda na cidade de São Paulo

0
253

imovel_02De acordo com levantamento realizado pelo Departamento de Economia e Estatística do Secovi-SP (Sindicato da Habitação) no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, o número de ações locatícias registrou queda de 1,1% na cidade de São Paulo. Foram ajuizados 1.545 processos em setembro, contra os 1.562 de agosto.

Por outro lado, comparado ao mesmo mês do ano anterior, quando foram registradas 1.508 ações, houve aumento de 2,5%.

As ações por falta de pagamento de aluguel responderam por 88,6% dos casos, com 1.369 processos. Já as 95 ações ordinárias/despejo tiveram participação de 6,1%. As renovatórias e as consignatórias representaram, respectivamente, 5% (77 processos) e 0,3% (4 processos).

Acumulado – De janeiro a setembro, o levantamento apontou redução no acumulado ano, com 12.981 ações, 9,6% a menos que as 14.354 ajuizadas no mesmo período do ano anterior. O total de ações acumuladas entre outubro de 2015 e setembro de 2016 foi de 16.250 casos, uma redução de 11,6% diante do acumulado de outubro de 2014 a setembro de 2015, com 18.381 ações.

“As pessoas estão insistindo em acordos amigáveis, somente indo ao fórum aqueles casos impossíveis de solucionar, nos quais, por sinal, os juízes sequer têm tentado a conciliação, pois essa se mostra praticamente impossível”, explica Jaques Bushatsky, diretor de Legislação do Inquilinato do Secovi-SP.

Sem comentários

Deixe uma resposta